Dupla Comunicação

Recife recebe performance com lixo

23 de Outubro de 2017 | por Tacyana Viard
Recife recebe performance com lixo

Discutindo o papel do artista e da sociedade em relação ao meio ambiente, o projeto Palco Giratório, promovido pelo Sesc em todo o país, volta ao Recife para mais uma intervenção urbana e roda de diálogo. Hoje (23/10), os artistas Rossendo Rodrigues e Marina Mendo, do grupo Ecopoética, do Rio Grande do Sul, participam de uma mesa de conversa sobre arte e sustentabilidade no Centro da cidade. Aanhã (24/10), a partir das 6h, os dois vão estar na Ponte Princesa Isabel com a performance “Dilúvio MA”, em que eles ficam dentro de uma rede de lixo pendurada sobre o rio por três horas.
 
Desenvolvido desde 2013 por Marina Mendo e Rossendo Rodrigues, o grupo Ecopoética surgiu em Porto Alegre com a proposta de buscar poéticas de sustentabilidade por meio de performances no ambiente urbano. Nesta segunda-feira (23/10), a partir das 16h, eles participam do Pensamento Giratório “Arte e Sustentabilidade – Conexões Possíveis”, uma conversa aberta ao público, com mediação da secretária da Mulher do Recife, Cida Pedrosa. No encontro, que acontece no Delta Expresso do Cais do Imperador, os artistas vão discutir a importância da arte para a preservação ambiental e falar sobre as intervenções que realizam.

Comentários0

Comentários

Voltar